Copacabana dreams
2012, Cosac Naify

O livro é o registro de uma Copacabana mística, um cenário em que desfilam a verdade e a mentira, o cinismo e a lágrima, a solidão e a sacanagem. São contos curtos, com personagens pinçados das ruas vivas do bairro carioca, que se cruzam num trânsito de circunstâncias íntimas, bizarras, líricas, tragicômicas. A jovem autora Natércia Pontes despe esse registro de toda facilidade e sentimentalismo para chegar a uma narrativa pop e poética, um mergulho de cabeça no que é mais perdidamente humano.
------___________________________________-----------------------
Contos brutos
2019, Reformatório
(Organização: Anita Deak)

Os 33 autores, cada um com sua sensibilidade, falam de sintomas na sociedade contemporânea, de relações humanas, de corpo. Por meio de contos refinados, 30 deles inéditos, partem do autoritarismo para elaborar uma simbologia que expõe nós e desafios, embates e inquietações.
---------------__________________________--


Heróis urbanos
2016, Rocco

Reunindo jovens e veteranos da ficção brasileira – Raphael Montes, Luisa Geisler, Rubem Fonseca, Natércia Pontes, Leticia Wierzchowski, Cecilia Giannetti e Emiliano Urbim –, a coletânea de contos para jovens “Heróis Urbanos” desconstrói o arquétipo do herói presente na cultura pop, com uma galeria de personagens cheios de complexidade e contradições saídos do cotidiano urbano. Desprovidos de poderes especiais, os protagonistas dessas histórias narradas em linguagem crua vagam anônimos pelas metrópoles contemporâneas, colocando em xeque o bom e o mau, o certo e o errado, o heroísmo e a vilania, como uma cabeleireira que lida com o surgimento de um serial killer numa favela, ou uma garota precoce que gerencia um negócio inusitado na escola.
_________________--------------------
Semana
2007, Hedra
(Organização Natércia Pontes)
-------__________________________________________________

Back to Top